sábado, 7 de julho de 2012

Mistério do Efeito Mpemba

 A água quente congela mais rápido do que a água fria!

Parece estranho, mas é verdade! Este fenómeno é utilizado na feitura de gelados, que são congelados após o líquido ser aquecido, por ser mais rápido. O mistério que foi registado pela primeira vez por Aristóteles, continua sem uma resolução exacta. A comunidade científica do século XX deparou-se com este efeito graças a Erasto Mpemba, um aluno da Tanzânia, e deste então este fenómeno é conhecido como Efeito Mpemba.

Não haverá uma única explicação, mas uma delas poderá ser que quando a água é aquecida, parte dos gases dissolvidos (O2 e CO2) é perdida. Como esses gases não são bons condutores térmicos (dificultam as trocas de calor com o meio), o congelamento da água previamente aquecida é favorecido. Outra é o supercooling, defendido por James Brownridge, que afirma que o ponto de congelamento depende das impurezas da água (poeiras, sais, bactérias, etc) e que cada uma das quais desencadeia a congelação a uma temperatura característica. Quanto maiores forem as diferenças de temperatura, mais rapidamente a água arrefece, atingindo o seu ponto de congelamento antes, por exemplo aos dois graus negativos, muito antes da água fria que congela a partir dos sete negativos.


Para quem resolver este mistério até 30 de Julho a Royal Society de Química oferece mil libras, saber mais aqui. 

Sem comentários:

Enviar um comentário